É natal

É Natal

É tempo de armistício

ensarilhar armas

de fogo, de alma e de espírito,

tempo de rever e recordar.

tempo de sonhar.

Tempo de conviver e ousar,

desvendar mistérios,

dançar fantasias,

dar o abraço retido,

o perdão protelado,

o amor contido,

o primeiro passo em direção

a um novo sonho.

José Eduardo Camargo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *